Cinco pessoas morrem após carreta tombar sobre caminhonete em MT

Acidente ocorreu nesta madrugada na BR-364, na região de Jaciara. Caminhonete com cinco pessoas foi esmagada pela carreta.
Equipes do Corpo de Bombeiros
estiveram no local e retiraram
os corps das farragens
Cinco pessoas morreram após um grave acidente na madrugada desta segunda-feira (29) na BR-364, na região da cidade de Jaciara, a 148 km de Cuiabá. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma carreta teria tombado sobre uma caminhonete, além de arrastá-la pela pista. Os dois veículos caíram em uma valeta às margens da rodovia. 

O acidente foi registrado em uma curva acentuada, por volta de 1h30 [horário de Mato Grosso] em uma região conhecida como Vale das Perdidas, localizada no km 285. O trecho do local do acidente fica a 30 km de Rondonópolis, a 218 km da capital. Segundo a PRF, o condutor da carreta, que seguia de Cuiabá para Jaciara, perdeu o controle da direção ao passar pela curva, invadiu a pista contrária e atingiu a caminhonete. 

A carreta tinha um compartimento frigorífico que armazenava carne e esmagou o veículo menor. Todos os ocupantes da caminhonete morreram no local do acidente. Conforme informações do Corpo de Bombeiros, as cinco vítimas que morreram são da caminhonete. Três seriam mulheres e dois eram homens. O motorista da carreta ficou ferido e foi socorrido para um hospital daquela região. 

Por conta dos veículos terem saído da pista, a rodovia não precisou ser interditada. Porém, o trecho deve ser parcialmente bloqueado para que os veículos sejam retirados da ribanceira onde caíram. Uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) de Rondonópolis foi acionada para fazer a identificação das vítimas. 

De acordo com os policiais rodoviários, a caminhonete tinha placas da cidade de Aripuanã, a 976 km de Cuiabá. Já a carreta era de São Paulo. Todos os corpos foram encaminhados para uma funerária em Jaciara. Até às 7h30, duas pessoas tinham sido identificadas: um jovem de 22 anos e uma mulher de 39, ambos moradores de Aripuanã.

Fonte G1 MT