PM localiza bebê sequestrada em VG; 3 mulheres foram presas

Criança de 45 dias de vida foi levada dos braços da mãe na manhã desta sexta-feira (26)


Policiais militares do 4º Batalhão da Polícia Militar encontraram, por volta das 18h30, a bebê Nayara Pereira Neves, de apenas 45 dias, no bairro Jardim Paula I, em Várzea Grande.

A criança havia sido sequestrada dos braços da mãe, Juliane Parecida Neves, na manhã desta sexta-feira (26), no bairro Vila Arthur, também na Cidade Industrial. Conforme informações preliminares, repassada pelo soldado Adriano Cunha, as suspeitas do sequestro foram presas e estão sendo levadas, assim como a criança, para a Central de Flagrantes. 

A família também está se deslocando até o local. Segundo Cunha, Nayara aparenta estar bem e apenas teve os cabelos cortados, para dificultar a sua identificação. No entanto, ainda assim a bebê irá passar por exame de corpo delito, para ter certeza de que não sofreu nenhum tipo de abuso ou maus tratos. Na foto divulgada pela PM, a criança aparece em roupas diferentes daquelas que usava no momento do sequestro. 

Localização 

Os policiais conseguiram encontrar o paradeiro do bebe após uma denúncia anônima. "Alguém estava acompanhando as notícias em sites e redes sociais e viu o trio entrando com uma criança na casa. 

Nisso ligaram para a PM e informaram. Ao chegar na residência confirmamos que era o bebê e demos voz de prisão", disse o soldado Cunha. Na casa estavam três mulheres: R.N., de 28 anos, N.A., de 37, e uma adolescente de 15 anos, que seria filha de N.A. Caso sejam indiciadas, elas devem ser enquadradas no crime de cárcere privado e corrupção de menor. 

O caso 

Juliane Neves contou à polícia que descia do ônibus, em direção à sua casa, quando foi abordada por uma mulher armada, que lhe ordenou que entregasse a bebê. Na sequência, a estranha fugiu em um veículo Peugeot, onde mais duas suspeitas a aguardavam para a fuga. A polícia suspeita que o crime esteja relacionado a um esquema de tráfico de crianças.