Banco do Brasil é assaltado por bandidos armados

O Banco do Brasil do município de Nova Maringá (400 km a médio-norte da Capital) foi alvo de criminosos, no início da tarde desta segunda-feira (27). Dois assaltantes fortemente armados e encapuzados chegaram, renderam os seguranças e levaram o dinheiro do local (valor não revelado). 

Eles chegaram atirando para o alto, invadiram a agência e fizeram alguns clientes como escudos humanos, na porta principal, para evitar a aproximação da polícia. Não houve feridos no assalto. Os bandidos, armados com espingardas, fugiram levando pelo menos cinco pessoas que estavam na unidade como reféns - um funcionário, um casal e um homem. 

Uma parte foi liberada no trevo de acesso a São José do Rio Claro e Campo Novo dos Parecis. A PM está confirmando quantos são e se ainda há alguém em poder da quadrilha. O bando fugiu em uma caminhonete branca por uma rodovia estadual sentido São José e que também da acesso a diversas fazendas na região e tentou queimar uma ponte de madeira para evitar a aproximação policial. Policiais da região estão mobilizados para fazer barreiras. 

A PM de Nova Mutum mandou uma equipe da Força Tática para reforçar a busca aos bandidos. Policiais de Tangará da Serra também vão ajudar. Foi o segundo assalto a banco em Nova Maringá, este ano. Conforme Só Notícias informou, o primeiro ataque ocorreu em abril. Policiais prenderam 7 envolvidos, em maio, e apreenderam algumas armas. 

Os suspeitos estavam com 3 coletes à prova de bala que foram roubados dos seguranças. Uma caminhonete e outros bens comprados com dinheiro roubado foram apreendidos. A Polícia Civil de Mato Grosso informou, à época, que um dos integrantes da quadrilha usava um chip de telefone celi;ar comprado e cadastrado em nome de um ex-presidente da República.

Só Notícias

Comentários