Pedreiro é encontrado baleado e amarrado às margens da MT-010

Ele foi roubado e, antes de fugirem, bandidos atearam fogo em seu corpo

Ele foi socorrido pelo Samu e levado
ao Pronto-Socorro de Cuiabá
A Polícia Civil investiga um roubo seguido de tentativa de homicídio praticado contra o pedreiro A.B.S.S., de 40 anos. Ele foi encontrado baleado e amarrado às margens da Rodovia Helder Cândia (MT-010), próximo à Rodoanel, na madrugada de domingo (26) .


Segundo os policiais militares que atenderam a ocorrência, o homem foi baleado com dois tiros - no tórax e na cabeça - e teve as mãos e os pés amarrados com fios elétricos.



Encontrado ainda lúcido pelos policiais, ele apresentava sinais de queimadura e relatou que teve fogo ateado ao corpo e apenas não morreu queimado porque rolou pelo chão até apagar as chamas.



Levado ao Pronto-Socorro de Cuiabá (PSMC), ele passou pelo box de emergência e segue internado.



Em depoimento à PM, a vítima relatou que estava em um bar localizado próximo à Rodoviária de Cuiabá, no bairro Alvorada, junto com um amigo.



De acordo com a vítima, dois rapazes em um Gol vermelho apareceram e ficaram conversando com ambos por um tempo, convidando-os, em seguida, para irem a outro bar.



"Entramos no Gol para ir em outro bar, mas um deles sacou um revólver e nos levou para a região do Rodoanel, onde fui amarrado e baleado”, relatou.



Segundo o pedreiro, o amigo conseguiu fugir no momento em que desceram do carro, escapando dos bandidos.



Amarrado, o pedreiro foi obrigado a entregar o cartão e a senha de sua conta no banco.



Um dos bandidos saiu para fazer um saque e retornou em seguida. Antes de fugir, ele atirou duas vezes contra a vítima e jogou álcool sobre seu corpo, ateando fogo em seguida.

Mídia News

Comentários