Ex-prefeito de Lucas, corretor e diretor de time são detidos

Marino Franz, Valdir Sbabo e Edu Pascoski estão entre investigado pela Operação Terra Prometida

O ex-prefeito Marino Franz, que é investigado
 por suposta participação em esquema
O ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz, foi detido na manhã desta qiuinta-feria (27), pela Polícia Federal, em . Ele é suspeito de ter participação em um suposto esquema de de invasão de terras da União, investigado pela Operação Terra Prometida.


Estão sendo cumpridos 52 mandados de prisão preventiva, 146 mandados de busca e apreensão e 29 de medidas proibitivas nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Nova Mutum, Diamantino, Lucas do Rio Verde, Itanhangá, Ipiranga do Norte, Sorriso, Tapurah e Campo Verde.



Franz é um dos maiores empresários do agronegócio em Mato Grosso, e foi prefeito de Lucas do Rio Verde por dois mandatos, entre 2004 e 2012.



Também teriam sido detidos o diretor do Luverdense, Edu Pascoski, e Valdir Sbabo, corretor de imóveis que atuava em Itanhangá.



Os três foram encaminhados para a delegacia de Diamantino e serão transferidos para a Superintendência da PF de Cuiabá.



Estariam foragidos o advogado Valdir Niquelin, que atuaria para Franz, e o empresário Odair Geller.

Mídia News

Comentários