Irmão de prefeito é detido em Operação

O irmão do prefeito de Várzea Grande, o médico Josias Guimarães foi detido na Operação Camaleão, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), que pediu e obteve, da Justiça, 11 mandados de busca e apreensão.
De acordo com  as informações da Ronda Ostensiva Tática Metropolitana (Rotam), que deu apoio na Operação, o médico portava várias armas de fogo, sem registro, em sua residência. Ele foi levado a Central de Flagrantes de Várzea Grande, porém já deve ter sido liberado sob o pagamento de fiança.
Cerca de 50 agentes se dividiram nesta terça-feira (18), entre o gabinete do prefeito, a casa de Josias, 5 secretarias e empresas com vistas a apreender documentos e computadores que serão analisados. A suspeita é a de que haja o cometimento de crimes como corrupção, peculato e fraude a licitação. Ao menos um contrato, de R$ R$ 10,5 milhões, tem indícios de irregularidades.
Gazeta Digital

Comentários