Superintendente lança em Diamantino programa de cirurgia reparadora


Durante a capacitação "Políticas Públicas para Mulheres", que colocou Diamantino como referência no setor em todo o Estado, a superintendente estadual de Políticas para Mulheres de Mato Grosso, Ana Emília Iponema Brasil Sotero, falou sobre a parceria entre o Governo do Estado e a empresa TheBridge Global, com o Programa de Cirurgia Plástica Reparadora para Mulheres Vítimas de Violência Doméstica Familiar.
 
Inicialmente, a iniciativa fará uma triagem entre pacientes que aguardam por cirurgias plásticas na fila do Sistema Único de Saúde (SUS) para identificação das mulheres que apresentam sequelas graves de violência doméstica. Estas serão então avaliadas para a realização do procedimento, que acontecerá no Hospital Universitário Julio Müller.
 
“A cada 15 segundos uma mulher é espancada no Brasil. A violência gera marcas e cicatrizes profundas na alma e no corpo das vítimas. Diamantino está atento às novidades e realiza no município eventos que trazem ao interior os temas mais importantes e de interesse social”, afirmou a secretária municipal de Assistência Social, Thérèse Silva.
 
O Programa de Cirurgia Reparadora já funciona na capital paulistana, porém Mato Grosso é o primeiro a contar com o apoio do poder público para operacionalização do projeto. Segundo a Superintendente de Políticas para Mulheres, Ana Emília Brasil Sotero, o Programa “materializa e concretiza todas as ações realizadas pela superintendência desde sua criação. Além disso, é uma oportunidade para que as mulheres resgatem sua autoestima, reconstruam sua identidade e retomem suas vidas sem as marcas físicas da violência”, disse a superintendente.
 
A empresa TheBridge Global realiza ações de responsabilidade social em todo o mundo. Outras informações sobre como fazer o procedimento ligue 0800-7714040.
           
Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários