'Fui abusada a infância inteira', diz ex-modelo de MT viciada em crack

Ex-modelo de Lucas do RIo Verde contou sua
história e relatou os abusos sexuais
Loemy Marques, a ex-modelo que viciou-se em crack, viveu uma infância difícil em Mato Grosso: perdeu seu pai na infância e sua mãe sempre trabalhou muito para sustentar ela e sua irmã. Ela conta que a pobreza foi um dos males, mas outras lembranças assombram seu passado: “Fui abusada a infância inteira pelo meu padastro”, declarou. Acompanhe na galeria a matéria exclusiva da Hora do Faro.
Loemy enfrentou "fantasmas" durante toda sua vida e, durante a a entrevista, exibida no último domingo (30), contou que sofreu abusos de seu padrasto até os dez anos de idade. Muitos dos momentos que passou durante seus 25 anos, resultaram na situação de vida até ser resgatada nas ruas da cracolândia. Ao "cair" nas drogas, a ex-modelo foi exposta novamente a abusos e violência, em situações diversas.
Ela conta durante a matéria, que estava distante da mãe a mais de um ano. O que não esperava era o reencontro no palco da Hora do Faro, que aconteceu no último domingo (30). Antes que pudesse descobrir tudo que viria, as transformações e novo destino que iria lhe acolher, ela contou de quem mais sentiu saudades durante esses anos: “Sinto falta da minha mãe, sinto falta delas, das primas, sinto falta de tudo”.
Rodrigo Faro perguntou a Loemy se ela ainda sonha ao dormir: “A droga não te deixa sonhar, você apaga”, contou. A ex-modelo, que carrega marcas no corpo e em sua mente, contou ainda sobre os efeitos das drogas, que são também psicológicos: “Eu ficava três, quatro dias acordada, porque eu tenho medo de dormir na rua”.
Rodrigo Faro perguntou a Loemy o que ela sentiu quando se viu na capa de um renomada revista nacional em novembro: “Eu fiquei horrorizada. Não sabia que eu estava tão feia”.
Marques falou sobre sua situação na cracolândia: “Tudo de bom que eu já tive ao meu redor e hoje, eu estar aqui, apanhando desse lugar, passando fome”. Antes de seguir para os estúdios da Rede Record, Loemy declarou a Rodrigo Faro: “Ontem se você me perguntasse o que eu queria, eu queria droga. Hoje eu quero uma recuperação. E amanhã, eu posso querer algo mais da minha vida”.
“Eu olhei para você e vi um ser humano, uma menina, que precisa de ajuda. Não adianta ser apresentador, estar no domingo da Rede Record, se eu não puder fazer alguma coisa por alguém como você”. Contou Rodrigo Faro. No palco do programa, Loemy recebeu ajuda e seguiu para uma clínica de reabilitação.
Após seguir da cracolândia para um hotel, onde recebeu cuidados médicos, Loemy gravou nos estúdios da Hora do Faro. Reencontrou sua mãe e permanece hoje em uma clínica de reabilitação. Você acompanha sua evolução de tratamento no site oficial e na tela da Rede Record.
Redação do R7

Comentários