Traficante é morto com 15 tiros de pistola em bairro onde policial morreu horas antes ao tentar evitar assalto

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vai instaurar procedimento investigatório para apurar a morte de W.R.S., de 39 anos, executado com 15 tiros de pistola 380 e de espingarda calibre 12, no bairro Manga, região do Grande Cristo Rei, em Várzea Grande.  Ele foi morto por volta da meia-noite e trinta minutos de hoje, dia 4 de dezembro.
 
O bairro é o mesmo que durante a tarde de ontem (3) foi palco da morte do cabo da Polícia Militar, Marco Antônio da Silva, que tentou evitar um assalto a uma garagem de veículos e acabou sendo baleado no peito. Os dois criminosos responsáveis pela ação  foram identificados como ‘Thiago Gordo’ e ‘Brandon’ conseguiram escapar do local.
 
A morte do rapaz que possuía condenações por crime de tráfico de drogas, foi registrado na rua coronel Manoel Gomes, quando ele estava conversando com um grupo de amigos.
 
Segundo a ocorrência policial, dois homens usando uma motocicleta se aproximaram dele e efetuaram os disparos. Não houve discussão alguma. Os criminosos deixaram o local na sequência e ainda não foram identificados.
 
O corpo do morto foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), instalado no bairro Carumbé, na capital. 

Cenário MT 

Comentários