Mulher é flagrada em presídio com chips escondidos em carne

Chips foram encontrados por agentes penitenciários dentro de uma vasilha, durante a revista dos alimentos

N.M.J.S., 48 anos, foi detida na tarde de domingo (4) tentando entrar com 20 chips de aparelhos celulares dentro da Penitenciária Major Eldo de Sá Correia, a "Mata Grande", no município de Rondonópolis (202 km ao Sul de Cuiabá).

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), os chips foram encontrados por agentes penitenciários dentro de uma vasilha com carne, durante a revista de alimentos.

Segundo informações de um dos agentes, os chips seriam entregues para o reeducando J.J.S., vulgo “Paulo Nunes”.

Diante dos fatos, a mulher foi conduzida a 1ª Delegacia de Polícia para as devidas providências. 


DO AGORA MT 

Comentários