Diamantino credencia advogados como juiz leigo

A Comarca de Diamantino (208 km a médio-norte de Cuiabá;), por meio do Edital n.05/2015-DF, torna público o processo seletivo para credenciamento de juiz leigo. As inscrições, que serão gratuitas, poderão ser feitas de 5 à 19 de fevereiro, das 13h às 19h, no fórum local.

Os interessados devem observar no edital a documentação necessária para o ato da inscrição, bem como os requisitos exigidos para o credenciamento. Entre os requisitos estão: ser advogado com, pelo menos, dois anos de experiência; não ser filiado a partido político; e não ter atividades político-partidárias.

As inscrições preliminarmente deferidas serão publicadas no Diário da Justiça Eletrônico (DJE). Aqueles que tiverem as inscrições indeferidas poderão entrar com recurso, no prazo de até dois dias úteis após a publicação, dirigido ao presidente da Comissão de Apoio ao Processo Seletivo.

O juiz leigo é remunerado por abono variável, de caráter indenizatório, observando o teto máximo correspondente ao cargo de Analista Judiciário, atualmente em R$ 3.866,66. Dentre as atribuições do cargo está a promoção da conciliação em ações públicas e privadas condicionadas.

Prova - O exame seletivo será constituído por duas fases: uma prova objetiva e uma prova prática de sentença, ambas aplicadas no mesmo dia. A data e o local provável da prova será divulgado posteriormente. 

Para efeito de desempate, a classificação se dará por alguns critérios: aquele que tiver a maior idade; maior tempo de serviço, na função de jurado; maior pontuação na prova prática de sentença; maior pontuação na prova objetiva.


Cenário MT

Comentários