MORTE DO SARGENTO - Acadêmica do curso de direito é presa acusada de envolvimento morte do Sargento

A Policia Civil por meio de investigação constatou a participação da jovem Mari Barros como informante no roubo a loja Eletromóveis Martinello, que resultou na morte do Sargento Joilson Martins. Mari, uma jovem acima de qualquer suspeita, com porte de modelo, educada, cursa o oitavo semestre do curso de direito na Unemat Campus de Diamantino e trabalhava no setor de celular da Martinello. Segundo colegas de faculdade ela era inteligente mas faltava bastante as aulas.  Foi decretada a prisão temporária por meio de mandado judicial. Ela foi presa ontem (13.11) e encaminhada á Cadeia Pública Feminina de Nortelândia. A Delegada Vanessa Aguiar relatou que não pode dar maiores detalhes pois continua com a investigação

Comentários