Estado vai investir R$ 70 milhões na saúde pública

Redação Gcom/MT

O Estado de Mato Grosso vai investir R$ 70 milhões na saúde pública estadual com recursos oriundos de repatriação. O dinheiro será usado para pagamento dos hospitais regionais, aquisição de medicamentos, repasses aos municípios e pagamento de fornecedores.
Gcom

Dinheiro aplicado na saúde é resultado de liberação do governo federal.
O dinheiro da repatriação vem de valores aplicados por pessoas físicas e jurídicas de forma irregular no exterior. A União anunciou que arrecadou R$ 46,8 bilhões oriundos dos investidores que aderiram ao programa de regularização de ativos, que teve o prazo encerrado recentemente.
De acordo com o secretário de Estado de Saúde, João Batista Pereira da Silva, a determinação do governador é que o valor seja processado de forma imediata para que chegue às prefeituras e hospitais. O corpo técnico da pasta prepara uma proposta detalhada sobre os investimentos.
“O governador está muito sensível às questões da Saúde e, juntamente com outros secretários, estamos fazendo uma força-tarefa para direcionar recursos financeiros e orçamentários para esta área como prioridade”, afirma João Batista.
Ações em Saúde
Em 2016, o Governo de Mato Grosso já investiu quase R$ 2 bilhões em saúde. O município de Cuiabá, por exemplo, recebeu mais de R$ 90 milhões em investimentos no setor, com repasses mensais para a alta e média complexidade, manutenção do Hospital São Benedito e construção de novas unidades. Para as demais regiões do Estado os investimentos ultrapassam R$ 1,8 bilhão entre ações, serviços e obras.
O novo Hospital e Pronto-Socorro de Cuiabá está sendo construído com o aporte do Governo de Mato Grosso, que irá investir R$ 50 milhões para esta unidade, orçada em R$ 80 milhões. O hospital terá 315 leitos, sendo 40 para Unidades de Terapia Intensiva (UTI), um Centro de Diagnósticos e um Centro Ambulatorial.
Além disso, o Governo de Mato Grosso ajuda a prefeitura a manter o funcionamento do Hospital São Benedito, com o repasse mensal de R$ 2 milhões. E também investe R$ 2 milhões por mês para o Pronto-socorro de Várzea Grande e UPA Cristo Rei.
Outra ação de Governo que tem a saúde como ponto central é a Caravana da Transformação. Em sua terceira edição, o evento realiza gratuitamente cirurgias de catarata e pterígio, além de atendimentos odontológicos e diversos outros serviços em cidadania.
A primeira edição foi em Barra do Bugres, a segunda, em Peixoto de Azevedo, e a terceira, em Canarana. Com esta terceira edição, a Caravana chegou a oito mil cirurgias de catarata, pterígio e Yag laser.

Comentários