Prefeitura e produtores rurais pedem apoio da Conab para estocagem de grãos




Nesta segunda-feira (20), o vice-prefeito e secretário de agricultura, indústria, comércio e meio ambiente, Claudimar Barbacovi, o “Gaúcho”, e o presidente do Sindicato Rural de Diamantino, José Aparecido Cazetta visitaram a Unidade Armazenadora da Conab, no Município.
A estrutura, que pode armazenar até 27 mil toneladas de grãos, está inoperante há cerca de cinco anos. O objetivo da visita foi consultar, junto ao gerente da unidade, Rubens Benedito da Silva, as condições dos armazéns, e descobrir se há possibilidade de os produtores rurais de Diamantino estocarem a produção de milho nos armazéns da unidade, enquanto o cereal não é comercializado.
O senhor Rubens Silva informou que, por determinação da direção da Conab, as informações deveriam ser solicitadas através de ofício. Gaúcho, se prontificou a providenciar o documento e seu encaminhamento à empresa pública. “Precisamos das informações sobre a real situação deste armazém da Conab. A partir daí, vamos conversar com o Ministério da Agricultura, pois teremos uma grande produção de milho. E nossa preocupação é onde serão estocados esses grãos. Tendo a possibilidade de utilizar esse armazém, porque não fazer essa parceria? Assim, os produtores terão tranquilidade, com os grãos depositados em um local adequado”, pontuou o secretário de agricultura.
A área estimada de plantio de milho em Diamantino para a safra atual é de 200 mil hectares. Conforme José Aparecido Cazetta, os produtores pedem a reativação da unidade armazenadora da Conab em Diamantino há pelo menos três anos. “Há três anos tentamos fazer esse armazém funcionar, e não conseguimos. Hoje vejo uma situação que pode ser melhorada, através da Prefeitura e da Secretaria de Agricultura de Diamantino”, afirmou.

Comentários