Grupo de 5 jovens aponta arma e ameaça travesti no Zero km

Travesti chama polícia depois de ser ameaçada por grupo de jovens em carro, na região do Zero KM, conhecido local de prostituição, em Várzea Grande. Cinco jovens, entre eles, 3 menores foram conduzidos para a Central de Flagrantes. 
Divulgação 
De acordo com o boletim de ocorrências, a vítima, R.P.R, estava na rua Bom Jesus, do bairro Jardim Potiguar, na noite do último domingo (20), como de costume aguardando clientes, quando veículo GM Corsa vermelho, com grupo de rapazes passou.
Um dos jovens apontou arma de fogo para a travesti e a ameaçou. Ela telefonou para a Polícia Militar e passou as caracteristícas do veículo. Grupo foi localizado na rua São Caetano e um simulacro de arma encontrado.
Menor de 16 anos, alegou que a revólver falso lhe pertencia. Além dele, outros 2 adolescentes de 17 anos e 2 jovens de 19 foram levados para a Central de Flagrantes para prestarem esclarecimentos.
Em 24 de julho deste ano, Thiago da Costa Assunção Corrêa, de 22 anos, foi atropelado no Zero KM e morreu 2 dias depois no Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande. Jovem era conhecida por "Natália" e atuava como travesti na região. Suspeito teve retrato falado divulgado pela Polícia Civil, mas ainda não localizado.

Comentários