Avião desaparece no ar com casal e filho de 1 ano

Redação do GD
Atualizada às 08h45 - Avião modelo Paradise P1, prefixo PU-MMT, com detalhes branco e vermelho, desapareceu entre os municípios de Colniza e Juara (709 Km ao Norte de Cuiabá), região amazônica, na manhã de sábado (9) e até a manhã deste domingo (10) não havia notícias nem da aeronave e nem dos passageiros.
O avião estava sendo pilotado por Leandro Ferreira Pascoal.  Seguiam viagem com ele a esposa Franciele da Costa Resseto Pascoal e o filho do casal de 1 ano e 5 meses.
O pai do piloto, Alves Aparecido Pascoal, falou com a imprensa em Sinop. Informou que Leandro decolou de uma fazenda em Colniza e teria entrado em contato com a mãe dele por telefone por volta das 10h.
“Ele ligou e informou para minha esposa que estava passando pela cidade de Juruena e no máximo com 40 minutos iria chegar em Juara, mas até agora, isso não ocorreu”, informou o site Só Notícias.
Muito preocupada, a mãe do piloto, Marina Ferreira, disse ao Gazeta Digital, que agora é esperar pelas notícias e que "se Deus ajudar" serão boas. "É um avião de pequeno porte, ele tem muita experiência e tem Corpo de Bombeiros, Polícia, FAB (Força Aérea Brasileira) , todos envolvidos nas buscas", detalha a mulher, neste momento de aflição.
Segundo ela, quando o filho estava "por cima" do rio Juara, ligou dizendo que em 40 minutos estava em casa para uma visita. "Não sei se já ficaria para o natal, mas queria também ver um tia nossa, muito querida dele".
Já foram feitos sobrevoos com algumas aeronaves na região, mas não conseguiram localizar o avião nem os ocupantes.
“Nós fomos duas vezes de Juara para Juruena, mas não obtivemos êxito na localização. Tivemos que retornar porque escureceu. Agora vamos retomar as buscas amanhã. Acredito que deu algum problema no avião e ele teve que aterrissar em algum lugar. As pistas das fazendas que conhecemos nos passamos por todas”, narra o pai do piloto.
Nesta manhã de domingo, o desaparecimento completa 24h.

Comentários