4 mulheres entram em pancadaria em bar de Cuiabá por causa de irmão de vereador

Fonte: Gazeta Digital

Uma confusão entre 4 mulheres que teve início em um bar situado no bairro Dom Aquino, em Cuiabá, terminou na delegacia com direito a registro de boletim de ocorrência por agressão e tentativa de homicídio na noite do último sábado (8). Informações policiais dão conta que a briga começou com duas mulheres, de 28 e 32 anos, que acompanhavam um vereador de Cuiabá e o irmão dele.

O motivo da confusão seria por causa de ciúmes do irmão do parlamentar. Uma das vítimas, uma jovem de 27 anos, foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) para realizar exames de corpo de delito por causa de lesões causadas pelas agressoras.

Consta no boletim de ocorrência que a vítima e a amiga estavam juntas no bar e ela conversava com o irmão do vereador. Foi então que a 1ª agressora se aproximou para intimidá-la dizendo para se afastar porque ele estava acompanhado de sua irmã. Relata que a suspeita ainda fez ameaças afirmando que por não conhecê-la não sabia do que era capaz.

Em seguida, a outra mulher que estava com o vereador e o irmão dele se aproximou questionando sobre o assunto que a amiga da vítima tinha  falado com o seu "affair". Ela negou que havia conversado com o homem e foi segurada pelo braço. No momento em que tentou se soltar a agressora agarrou o pescoço e tentou esganá-la. Foi então que a vítima a empurrou e foi novamente atacada com um copo no rosto.

No mesmo momento, a 1ª vítima foi atingida por vários socos da mulher que a havia intimidado. Em seguida, a amiga foi retirada do local. As duas irmãs agressoras começaram a bater juntas na mulher que conversava com o irmão do vereador. As agressões só pararam quando os seguranças do local retiraram do bar todas as mulheres envolvidas na briga usando saídas diferentes.

Fora do bar, as amigas se encontraram e seguiam para em direção ao carro em que estavam, quando se depararam com as agressoras e novamente foram atacadas por socos e puxões de cabelo. Proprietário do estacionamento e outro homem separaram as mulheres.

Uma das agressoras ainda tentou partir para cima delas pela 3ª vez. Foi então que uma das vítimas falou em chamar a polícia. Nesse momento, conforme o relato do boletim de ocorrência, foram ameaçadas por um amigo das agressoras dizendo que acabaria com a vida dela caso a polícia fosse acionada. Em seguida, ele colocou as amigas num carro e foram embora.

Por conta das agressões e pancadaria, as vítimas foram até a 1ª Delegacia da Polícia Civil e denunciaram as agressões que foram registradas como tentativa de homicídio. O caso foi encaminhado para a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher.


Comentários