Menor levou armas para exibir para familiares da namorada

A adolescente de 14 anos, que atirou na amiga, Isabele Guimarães Ramos, disse em depoimento na Delegacia Especializada de Homicidios e Proteção à Pessoa (DHPP), na última terça-feira (14), que seu namorado, de 16 anos, levou duas armas para mostrar aos seus familiares, pois todos praticavam tiro esportivo. Ele pediu ainda para deixar o case com as armas em sua casa, por medo de ser pego em uma blitz.

Ao ser ouvida pela polícia, a adolescente disse que o namorado foi até a sua casa por volta de 15h e levou duas armas de fogo, sem avisar previamente.

Em seguida, ele exibiu as armas – pistola Imbel calibre 380 e Tanfoglio Open - para quem estava no ambiente, relatando que conquistou dois campeonatos com elas. A adolescente também pegou a arma, e não reparou se estava carregada.

Após exibir para amigos e familiares da adolescente, ele pediu para o empresário Marcelo Martins Cestari, se podia guardar as armas no local, com medo de ser pego numa blitz na volta.

Marcelo concordou e solicitou que alguém guardasse a arma no closet, sendo que a filha se prontificou a fazê-lo. Ela observou que neste momento a amiga, Isabele, subiu as escadas em direção ao seu quarto e foi atrás dela. Em seguida, o disparo aconteceu, enquanto Isabele estava no banheiro e a menor deixou o case cair, ao bater na porta. 


O homicídio ocorreu na noite de domingo (12), no condomínio Alphaville Cuiabá. A adolescente apresentou a versão na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa. Revelou que, pouco antes do fato, bateu à porta do banheiro da suíte onde estavam para chamar Bel, quando a caixa com as 2 armas caiu. O projétil entrou pela narina e atravessou a cabeça da vítima. Poucas horas antes do depoimento, Bel foi sepultada em Cuiabá.


Fonte: Gazeta Digital 

Comentários