Confira o novo projeto da praça Benedito Bruno (praça em frente a prefeitura de Diamantino)

Árvores retiradas causam destruição nas calçadas e serão substituídas, conforme licença ambiental expedida para a execução da obra


A praça Benedito Bruno (em frente à Prefeitura), que fica localizada em um local privilegiado da cidade, próximo a vários órgãos públicos, será um novo cartão postal para Diamantino. O espaço de lazer será restaurado, terá novo paisagismo (gramas e árvores) e diversas edificações. O local receberá uma estética diferenciada, com a instalação de diversos canteiros gramados, com  flores e folhagens que valorizam o ambiente.  


A obra faz parte do plano de urbanização desenvolvido no município, cujo projeto foi elaborado pela equipe da AMM - Associação Matrogrossense dos municípios, com suporte do setor de engenharia da municipalidade. A demolição e limpeza dos entulhos serão de responsabilidade da Prefeitura, sendo que a ordem de serviço para o início das obras pela empresa contratada ocorre nos próximos dias. 


Novo paisagismo


Vale ressaltar que a praça em questão não passa por benfeitorias há mais de 15 anos e a vegetação que nela se encontra, além de não serem plantas nativas, foi plantada sem critério algum. As árvores e vegetação que não causam dano e não interferem na execução do projeto foram preservadas e com o novo paisagismo deixarão o visual mais harmônico e agradável. Algumas espécimes, no entanto, por causarem destruição das calçadas existentes foram retiradas e serão substituídas por outras. É importante destacar que tais mudanças estão previstas no projeto arquitetônico e que houve também a necessidade de elaboração de projeto para emissão de licença ambiental (nº 309169/2017), emitida pela SEMA -  Secretaria do Estado e Meio Ambiente de Mato Grosso.


Vale destacar que os recursos, no montante de R$ 556.190,48, foram obtidos através dos esforços do prefeito municipal junto ao Ministério do Turismo, com o apoio do Deputado federal Carlos Bezerra. A aprovação do projeto foi através de estudo prévio realizado por técnicos da Caixa Econômica Federal. 


O empreendimento com área total de praça com 5.278,89 m2 contará com a seguintes edificações: 


Academia 1ª idade

Academia 3ª idade

Calçadas em concreto e bloco intertravado 

Bancos

Pergolado de madeira 

Acessibilidade 

Poste de iluminação 

Estacionamento 

Quiosque de alimentação 

Quadra poliesportivo 

Ponto de ônibus

Meio fio 


Árvores que serão plantadas:


Ipê Roxo  (Tabebuia impetiginosa)

Bambuzinho de Jardim (Bambusa textilis gracilis)

Palmeira Imperial (Roystonea Oleracea) 

Canafístula (Peltophorum dubium).



















Comentários