Fez sobrar dinheiro - Câmara de Diamantino na gestão de Edilson Mota Sampaio faz sobrar dinheiro e devolve ao Poder Executivo

O vereador Edilson Mota Sampaio esteve como Presidente da Câmara de Diamantino por 88 dias, sua gestão teve início na data de 05.10.2020 e encerrou-se em 31.12.2020. Edilson assumiu a direção da casa em razão da saída do vereador Giripoca.

Neste período de 88 dias Edilson realizou a reforma administrativa da Câmara, e devolveu para a prefeitura aplicar em prol da população o valor de R$151.541,10 (cento e cinquenta e um mil e quinhentos e quarenta e um reais e dez centavos).

A reforma administrativa reduziu os cargos comissionados de 11 para 3, e um desses terá que ser do quadro de efetivos. O gestor fez ainda a rescisão de contratos que considerou desnecessários, aquisição de mobília, revisão de veículos que estava por fazer, dentre outras ações.

A reforma administrativa vai proporcionar a partir de 2021 uma economia de aproximadamente R$ 400.000,00 (quatrocentos mil reais) que serão devolvidos ao Poder Executivo para reverter em bens, obras e serviços para a população.

Em entrevista ao site TvpMidia Edilson disse que provou que com gestão eficiente é possível fazer sobrar recursos para reverter em prol da população, e agradeceu os servidores da Câmara que foram essenciais para colocar a Câmara nos trilhos para a nova gestão.





Comentários

  1. Boa tarde, parabéns, muito Cuidado, que pessoas honestas hoje são eliminadas do sistema, principalmente órgãos públicos não aceitam pessoas honestas, correndo risco até de morte.

    ResponderExcluir

Postar um comentário