Mulher é multada por não usar cinto de segurança na moto


 Uma mulher de 24 anos recebeu uma multa por estar dirigindo moto sem cinto de segurança. O caso aconteceu nesta sexta-feira (21) na cidade de Osvaldo Cruz, em São Paulo.


Primeiro ela ficou sem entender o fato de ter sido multada. "Como assim? Fiquei nervosa ao saber da notificação", disse Larissa ao G1. O Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) cobrava R$ 195,23 da jovem.


Após o marido dela entrar em contato com o Demutran, descobriu que a infração era por não usar cinto de segurança. No entanto, segundo a motociclista, a notificação veio em seu nome e com a identificação da placa de sua motocicleta.


"Deve ter confundido o número da placa ou veículo na hora de elaborar a multa", disse ela sobre o ocorrido.


Conforme Larissa, a multa foi aplicada no dia 17 de abril deste ano, às 22h27, na Avenida Brasil, em Osvaldo Cruz.


Larissa garantiu que não se lembra de ter saído na data da suposta infração. Ela irá recorrer da multa e já contratou um advogado para representá-la.


Em nota, o Departamento Municipal de Trânsito de Osvaldo Cruz informou que, ao tomar conhecimento do fato, foi verificar a notificação de auto de infração.


“Neste caso, a autuação foi lavrada por um agente do Estado e não pelo agente de fiscalização de trânsito do município. No entanto, os agentes ou os policiais que atuam no dia a dia do trânsito podem se equivocar e, deste modo, erros acontecem, pois a troca de um número ou uma letra da placa de identificação pode fazer com que a autuação de um veículo possa cair em outro”, explicou o órgão municipal.


Ainda de acordo com o Demutran, “quando os autos são lavrados com o veículo em movimento, podem ocorrer equívocos”.



Comentários